Normani é a inspiração da linha ‘Psylence’. ‘Psylence’ é a linha de lançamento do fashion designer Jonathan Burdine e o produtor musical Tyce. Jonathan já trabalhou com vários artistas como Wiz Khalifa, Ariana Grande, Ke$ha e Jennifer Hudson.. para dar alguns exemplos. O ‘currículo’ de Tyce inclui Josh Levi (X Factor USA), Ashley Roberts (ex-Pussy Cat Dolls). Confira o anuncio postado no site:

‘Psylence Is Fashion’

Para os que estão entrando no meu site pela primeira vez, eu gostaria de dizer Olá… e bem vindo ao ‘the psylence’. O trocadilho foi intencionado.

 

E também gostaria de dizer Olá para os que estão visitando novamente e eu tenho um grande segredo que estou muito animado em compartilhar com você hoje! Eu estou muito feliz de finalmente dar o prêmio final, a grande revelação. Como vocês sabem, ‘Psylence’ é a linha de lançamento do fashion designer Jonathan Burdine e o produtor musical Tyce. Jonathan já trabalhou com vários artistas como Wiz Khalifa, Ariana Grande, Ke$ha e Jennifer Hudson.. para dar alguns exemplos. O ‘currículo’ de Tyce inclui  Josh Levi (X Factor USA), Ashley Roberts (ex-Pussy Cat Dolls) e dançarino/artista Blake McGrath, para dar alguns exemplos. Se isso não é suficiente para chamar a sua atenção, eu tenho algo que vai mudar a sua ideia!

 

Antes de eu falar, deixe-me dar a peça final desse quebra-cabeça. Psylence é moda. Agora, o que eu quero dizer com isso? Psylence é moda é algo maravilhoso. Ele cria admiração e reverência, em apenas um momento. O que você usa diariamente faz uma declaração para os outros. Mesmo que você não tenha dito se quer uma palavra, o que você veste fala. Pode fazer com que as pessoas parem o que estão fazendo para ver a sua beleza. Pode inspirar outras pessoas a serem elas mesma, assim como você, se vestir muito bem. O jeito que você se veste é o que faz isso válido. Faz uma impressão silenciosa.

 

Agora para o anuncio do dia. Hoje o anuncio é que… NORMANI KORDEI (sim o caps é necessário) do Fifth Harmony é a inspiração para a nossa nova coleção!!!!!!!!!!! Eu estou muito animado para isso, pois estou apaixonado pelo estilo da Normani, seja no red carpet ou não.. E Jon criou looks unicos e arrasadores! Eu realmente mal posso esperar para ver essa linha e adicionar novas peças do Burdin/Tyce/Kordei no meu closet e começar a arrasar na rua com minha roupa que vai chamar a atenção!

Fonte: The Psylence

Tradução Equipe Fifth Harmony Brasil

 

Publicado por Barbara Ianhes em 24 de maio de 2015

Apesar de seu aniversário ser apenas no dia 31 de Maio, Normani comemorou ontem (09/05), após o festival Wango Tango, com diversos amigos e fãs, seu aniversário de 19 anos. A pré-festa, ocorreu no restaurante Beso, da atriz Eva Longoria.

Além de suas companheiras de banda Lauren Jauregui, Camila Cabello e Dinah Jane, Normani contou com diversos convidados famosos como Zendaya, Jake Miller, os viners Carter Reynolds e Matthew Espinosa, e o ex participante do X Factor Arin Ray. Ally não pode estar presente porque estava comemorando o aniversário de seu namorado Troy Ogletree. Confira abaixo fotos e vídeos de tudo o que rolou durante a festa:

Fotos

FOTOS — Pré-festa de 19 anos da Normani

Vídeos
Normani chegando no Beso Restaurant


Durante o parabéns


Lauren cantando Flawless

Publicado por Nathalya Gomes em 10 de maio de 2015

Fonte: Sugar Scape
Tradução: Equipe Fifth Harmony Brasil

Não é segredo que todos queremos ser as meninas do Fith Harmony, certo? O estilo, postura, musicas; nós estamos muito obcecados com elas. Mas as vezes quando estamos swipin’ our card, doin’ the nae nae nos entramos em um questionamento crucial. Nós somos mais parecidos com  Camila, Normani, Dinah Jane, Lauren ou Ally Brooke?

É uma coisa séria, nós queremos saber a resposta para esse tipo de situação, então juntamos e fizemos esse quiz (super cientifico) ‘Qual integrante do Fifth Harmony você é?

Clique AQUI para realizar o teste. (para iniciar o teste basta clicar em Let’s Play) Veja abaixo a tradução de cada pergunta e resposta que você pode encontrar:

Nós queremos te levar pra jantar, bae. Qual você deseja:

comida mexicana seria adorável.

hambúrguer e batata frita

qualquer coisa com bacon

desde que tenha nutella no meio, estou de boa

pizza, por favor

Escolha uma musica:

Ed Sheeran – Kiss Me

Alicia Keyes – If I Ain’t Got You

Eminem – Lose Yourself

One Direction – Little Things

One Direction – They Don’t Know About Us

O que não falta no seu guarda roupa que você adora?

meu pijama

os acessórios são tudo

qualquer coisa da Gwen Stefani

jeans rasgado

saltos arrasadores

Se você só pudesse ouvir um álbum pelo resto da sua vida, qual escolheria?

Leona Lewis – Spirit

Ellie Goulding – Halcyon Days

One Direction – Take Me Home

Cher Lloyd – Stick & Stones

5SOS – 5 Seconds Of Summer

Escolha um termo:

Bae

Slay

Nae Nae

Turnt

Selfie

***As respostas mudam para uma ordem aleatória ao iniciar o teste, ou seja, não estará necessariamente na ordem desse artigo

Publicado por Barbara Ianhes em 2 de maio de 2015

Tudo começou durante a noite de ontem (17/02), aniversário de Mistah Hansen, namorado de Normani. Andrea (mãe de Normani) postou um tweet para o genro, parabenizando-o pela data e o agradecendo por fazer sua filha feliz.

É tarde nos Estados Unidos, mas nós podemos celebrar na Austrália! Feliz aniversário. Obrigada por fazer meu bebê feliz!

Depois do tweet de Andrea, alguns fãs enviaram tweets antigos de Mistah, onde ele apresentava comportamentos ofensivos a mulheres, homossexuais e negros. Ele usou a rede social para dizer que algumas mulheres negras fedem naturalmente, você não pode ser mormon e aceitar casamento gay ao mesmo tempo e moça, se você se veste como uma prostituta, não tente impedir esse voo (referindo-se a uma ereção). Andrea se posicionou no twitter e conversou com alguns fãs sobre o assunto. Pouco tempo após o ocorrido, Misah usou o twitter para escrever o seguinte texto:

Eu peço desculpas pelo que eu disse no twitter no passado. Eu era rude e nojento, eu sei disso. Vocês todos querem fazer um trabalho melhor do que o FBI e achar merdas ao meu respeito. Eu aprendi através disso e eu cresci para me tornar uma pessoa melhor. Eu era estúpido e burro, eu sei. Mas não finjam que vocês são perfeitos, então quem são vocês pra julgar, correto? Eu não tenho problemas com pessoas gays, eles são bem legais quando você os conhece porque alguns membros da minha família são gays e eu ainda os amo independentemente disso. Se depois dessa mensagem você continua achando sujeira em mim e tenta arruinar minha relação com a minha namorada mais linda então por favor, olhe para si mesmo antes de começar a falar e se pergunte se você é melhor do que qualquer um ao seu redor. Eu não sou perfeito ou melhor do que ninguém e eu nunca vou ser, mas pelo menos eu aprendo e tento ser.

Publicado por Nathalya Gomes em 18 de fevereiro de 2015

Fontes: GlobalNews
Tradução: Fernando Paraguai — Equipe Fifth Harmony Brasil

Fifth Harmony está acertando todas as notas. O álbum do grupo pop vocal, “Reflection”, lançado no começo de Fevereiro, debutou na 5ª posição no chart Billboard 200 — deixando Fifth Harmony na companhia de artistas como Taylor Swift, Ed Sheeran e Sam Smith.

Um em de 2013 do Fifth Harmony chegou a 6ª posição no mesmo chart e os vídeos do grupo combinados chegam a 100 milhões de visualizações.

Nomeadas “Artista a se assistir” no “MTV Video Music Awards” no ano passado, Fifth Harmony abriu em turnês de artistas como Cher Lloyd, Demi Lovato e Austin Mahone.

O segundo single “Sledgehammer”, co-escrito por Meghan Trainor (“All About That Bass”) e os hitmakers Jonas Jeberg e Sean Douglas é uma canção sobre estar nas alturas com o amor.

O sucesso inicial de Fifth Harmony é música para os ouvidos de Normani Kordei, que queria ser uma estrela desde que era criança em Nova Orleans e Houston.

“Eu estou tão grata por que eu sinto que tudo o que eu fiz antes me preparou para esse momento,” Kordei disse ao Global News. “Eu sinto que estou pronta e me sinto confortável. Eu estou pronta para esse momento.”

Ela deixou de participar de uma audição na primeira temporada do The X Factor para fazer parte de uma competição de dança e apenas foi a audição da segunda temporada por que sua mãe a convenceu que ela não tinha nada a perder.

“Eu estava com tanto medo,” Kordei relembra. “Eu costumava ficar muito nervosa para performar na frente das pessoas. Eu choraria.”

Ela impressionou os jurados e passou, mas eventualmente cortada da competição.

“Eu estava triste porque eu estava voltando para as audições e aulas de canto,” disse Kordei. “Mas eu estava muito orgulhosa de mim mesma por ter ido tão longe.”

Simon Cowell não planejava deixar Kordei ir tão fácil. Ele a juntou com outras quatro competidoras — Ally Brooke Hernandez, Dinah Jane Hansen, Camila Cabello e Lauren Jauregui — e as deixou competirem na categoria de grupos.

Kordei insistiu que ela não sentia diferença em ser uma artista solo ou ser parte de um grupo.

“Eu sempre quis estar em um grupo,” ela disse, listando atos como Destiny’s Child, TLC e En Vogue como inspirações. “É o que eu sempre imaginava.”

As cinco cantoras se consolidaram rapidamente, ela relembra. “Nós nos conectamos e tínhamos química.”

O grupo terminou em terceiro lugar no The X Factor mas ganharam um contrado com a Syco Music de Simon Cowell e a Epic Records. Desde então tem sido uma tempestade de performances, gravações em estúdio e gravações de vídeos.

“Nós temos tido tantas coisas e vamos para tantos lugares diferentes que nós não poderíamos ir antes,” Kordei disse. “Nós performamos no VMA, o que é louco pois nós crescemos assistindo àquele show e todas as nossas inspirações e ídolos estavam lá.

“Também tivemos que performar na frente do Presidente, o que é louco.”

Kordei também teve uma lição rápida da força da fama e de “ser capaz de inspirar tantas pessoas e ter elas vindo até você e dizendo ‘Você me salvou. Você me faz sentir feliz.'”

Quem é a mais divertida no grupo? “Todas nós temos momentos divertidos em diferentes vezes,” ela respondeu diplomaticamente. “Não há alguém que é mais divertida. Depende da situação.”

Porém Kordei é rapida ao nomear a mais bagunceira (“definitivamente Camila”), as mais atrasadas (“Dinah e Camila”), as mais exigentes ao comer (“Ally e eu”) e as mais tímidas (“No começo, Dinah e eu”).

Kordei disse que a maior lição que ela aprendeu foi “o quão trabalhoso é” ao desenvolver Fifth Harmony.

“As pessoas que olham de fora e acham que aconteceu da noite pro dia, mas definitivamente não é desse jeito. Leva tempo e muito trabalho duro. É um monte de coisas.”

No primeiro single de “Reflection”, “BO$$,” os membros de Fifth Harmony cantam sobre serem mulheres confiantes com “independência”. Mas é uma música co-composta por cinco homens (junto com Taylor Parks). De fato, assim como os outros girl-groups que vieram antes, Fifth Harmony é um produto de mentes masculinas.

Kordei insistiu que elas e os outros membros deixam sua opinião.

“Eles nos tem dado muita entrada e eles realmente ligam para nossas opiniões, assim como a música,” ela explicou. “Ultimamente eles fazem as decisões finais mas eles escutam o que nós temos para falar e eles querem saber como nós nos sentimos e eles definitivamente incorporam isso nas decisões que eles fazem.”

Kordei adicionou que todas as jovens mulheres tem “muito espaço” em sua estilização, cabelo e maquiagem.

Ela disse que seu iPod está recheado de faixas de artistas de R&B que ela cresceu ouvindo — Brandy, Aaliyah, Toni Braxton e Destiny’s Child. “Eu amo Alicia Keys, Chris Brown, Usher, Mariah Carey… toda essa coisa.”

Kordei é também fã das redes sociais e já está perto dos 900.000 seguidores no Twitter. (Fifth Harmony tem mais que 1.8 mihões de seguidores no Twitter.)

“Isso nos ajuda a chegar aos fãs que você não pode ver no momento, como fãs na Austrália ou fãs no Japão ou o que seja,” ela disse. “É ótimo que nós somos capazes de nos comunicar com eles através das redes sociais.”

Alguns fãs no Canadá poderam ter uma dose de Fifth Harmony em breve. O grupo está atualmente ensaiando para uma turnê que inclui um show dia 17 de Março na Sound Academy em Toronto.

“Será incrível. Nós amamos o Canadá,” disse Kordei, que relembra as performances anteriores em Montreal e Toronto.

“Nós vamos tentar levar ao próximo nível. Terá maior produção, terá figurinos melhores. Será maior e melhor.”

Publicado por Barbara Ianhes em 13 de fevereiro de 2015

Nessa quinta feira, as meninas (com exceção de Lauren) realizaram um show no iHeart Radio Theater em Burbank, CA. Com a setlist dos shows de abertura da Austin Mahone Tour, Fifth Harmony realizou uma pequena sessão de perguntas e respostas, onde falaram sobre Lauren não estar presente dizendo que mesmo cansadas estavam fazendo aquilo por ela, sobre qual CDs indicariam (menos o delas) e a Camila disse que comprassem 1989 da Taylor Swift e depois brincou “mas não nessa semana” e vários outros assuntos. Confira em nossa galeria várias fotos em qualidade profissional do evento:

Assista também o show completo:


Publicado por Nathalya Gomes em 6 de fevereiro de 2015

As meninas (exceto Lauren), continuaram com a agenda de divulgação de Reflection nessa quinta feira (05/02). Dessa vez, para promover o álbum, Fifth Harmony compareceu ao programa The Talk da CBS, participou de uma pequena entrevista e fez performance de seu último single, Sledgehammer. Confira abaixo a entrevista feita no programa:


Na entrevista, as meninas falaram sobre a ausência de Lauren devido problemas familiares, sobre o álbum de estreia e sobre Mariah Carey. Logo após a pequena sessão de perguntas, as meninas, mesmo sem Lauren, performaram Sledgehammer, confira:

Publicado por Nathalya Gomes em 6 de fevereiro de 2015

Mesmo com a ausência de Lauren devido o falecimento de sua avó Angelica, as meninas continuaram com sua agenda de divulgação de Reflection. Nessa quarta (04/02) visitaram a rádio 99.7 NOW em San Francisco, CA, para uma sessão de autógrafos e um breve meet & greet. Confira as fotos abaixo:

Publicado por Nathalya Gomes em 6 de fevereiro de 2015

Normani Kordei Hamilton nasceu em 31 de maio de 1996 em Atlanta, Georgia e é filha de Derrick e Andrea Hamilton. Passou parte da sua infância em New Orleans, até sua família se mudar para Houston, Texas, após o Furacão Katrina em 2005. Normani tem duas meio-irmãs mais velhas, Arielle e Ashlee. Hamilton se apresenta desde os três anos e ganhou prêmios de danças e ginasta antes de gravar seu primeiro single aos treze anos. Ela também fez uma pequena participação na série Treme. Hamilton cita Beyoncé como uma grande influência musical e artística.

» Voltar

Publicado por Barbara Ianhes em 15 de janeiro de 2015

Recentemente, Normani Kordei, concedeu uma entrevista para a site Sosogay.UK, onde falar sobre poder feminino, um pouco do novo single da girlband e muito mais. Confira a matéria traduzida logo abaixo:

Bo$$ tem uma forte sintonia de poder feminino – quem são algumas mulheres que você admira?

Eu me baseio na Beyoncé, ela tem sido minha inspiração desde que eu era pequena e nós duas somos de Houston, Texas. Ela é um ícone tão grande e eu adoro a forma com que ela é humilde. Eu adoro o fato de que ela traz à tona os direitos das mulheres, o poder das meninas e o quanto as mulheres e os homens devem ser iguais. Eu também amo a Sandra Bullock, ela é uma grande humanitária. Michelle Obama, é claro, ela é a ”the BO$$”. Além disso, Oprah Winfrey, Alicia Keys, minha mãe e minha avó!

Você tem uma outra canção cativante chamada de “Sledgehammer”. O que tem essa canção que a torna perfeita para o Reino Unido?

Meghan Trainor escreveu essa música para nós e foi realmente ótimo, porque nós nos conectamos com ela desde a primeira vez que ouvimos. É sobre o sentimento que você tem quando começa realmente a gosta de alguém e você não pode controlar a forma como o seu coração bate. É apenas uma canção relacionável em que todo mundo ganha. É perfeita para o Reino Unido, porque vai para o lado pop ao contrário do urbano, que tivemos com BO$$. Eu acho que vir de BO$$ para Sledgehammer só mostra a nossa versatilidade e que viemos de diferentes fundos musicais, e com diferentes tipos de música.

Vocês quiseram fazer “Sledgehammer” antes ou depois que Meghan estourou com ‘All About That Bass?

Não temos certeza se ela escreveu antes ou depois de All About That Bass, mas sabemos que ela escreveu com a gente em mente. Ela também escreveu algumas outras canções para o nosso álbum. Portanto, não é apenas “Sledgehammer”, há um par de outras canções também. Ela, na verdade, veio ao estúdio com a gente, nos ajudou, até mesmo no vocal. Ela é realmente um suporte para nós.

Vocês desenvolveram um forte apoio do Reino Unido desde que vocês apareceram no X Factor EUA há dois anos – graças aos meios de comunicação. Como é a sensação de finalmente ser capaz de lançar-se aqui?

É ótimo! Viemos do Fator X com Simon e é ótimo que temos tido a oportunidade de ir para o Reino Unido. A mídia social é uma ótima maneira de interagir com os nossos fãs, mas nós gostaríamos de conhecê-los pessoalmente. É realmente muito bom que nós estamos começando nos lançando internacionalmente e temos a oportunidade de nos conectar com eles em um nível pessoal.

Além de atender os fãs, o que mais você gostaria de fazer em sua próxima viagem ao Reino Unido? Quaisquer lugares em particular que você gostaria de visitar?

Eu queria ir a alguns restaurantes. O que vocês acham que é o melhor lugar para mim e as meninas irmos?. Adoramos aventuras quando se trata de ir em lugares em um novo país. Além disso, temos a oportunidade de nos apresentar no X Fator em 7 de Dezembro, e o que eu ouço é que é enorme lá. Ouvi dizer que é como o Grammy, é como um negócio muito grande, por isso estamos muito animadas.

Você esteve acompanhando o X Factor do Reino Unido este ano? Existem alguém que chamou a sua atenção?

Eu vi uns dois episódios, mas eu estou apaixonado por Andrea Faustini. Eu também adoro a menina com o cabelo grande encaracolado? [Fleur] Sim, eu a amo e acho que ela é tão feroz. Estamos tão animadas para conhecê-los.

Tínhamos um grupo no X Factor, com oito membros – você acha que um grupo pop desse tamanho poderia trabalhar?

Oh, eu sei, eu vi isso. Isso é bastante gente. Quer dizer, isso é realmente grande, porém, são oito meninos que podem se unir e colocar tudo de lado, e tentar fazer com que seus sonhos se tornem realidade. É bem legal. O número de membros de um grupo não deve impedi-los. Eu sinto que eles podem trabalhar, se eles estiverem muito focados, ter um objetivo final. Isso é o que é preciso para estar em um grupo – você não pode pensar em si mesmo apenas. É tudo sobre o grupo.

Vocês meninas foram formados no X Factor EUA, em 2012, vocês já cresceram juntas ao longo dos últimos dois anos – como é a dinâmica de grupo, mudou muito?

Ele mudou muito. Eu acho que, honestamente muda todos os dias! Temos passado por muitas coisas ao longo destes últimos dois anos e nós aprendemos muito sobre nós mesmos e umas às outras. Podemos aprender umas com as outras, não só musicalmente, mas como pessoas em geral e sobre como lidar com as situações. Agora sabemos quem somos e do que queremos falar, e eu acho que o nosso álbum é realmente um reflexo disso.

Quando podemos esperar o seu álbum de estreia, ”Reflection”, que será lançado no Reino Unido?

Essa é uma ótima pergunta. Eu não tenho certeza, Mas sai nos Estados Unidos 27 de janeiro.

Foi uma decisão consciente de não apressar o lançamento de um álbum logo após vocês terem competido no The X Factor EUA?

Quando saímos do X Factor, começamos a gravar músicas que eram para ser um álbum, mas se transformou em um EP, então começamos a gravar de novo para o álbum que era para sair mais cedo do que essa última data. Mas seguramos mais, porque queríamos que fosse perfeito. Nós pensamos que é melhor tomar um pouco mais do nosso tempo se quisermos que o resultado final seja grande.

Além da Meghan Trainor, quem são os outros compositores e produtores que vocês trabalharam no álbum? Alguma colaboração?

Nós trabalhamos com um grupo de grandes produtores e compositores que nos ajudaram a criar o nosso som como Tommy Brown (da Ariana Grande), Victoria Monet, Tommy Parker (da Kelly Rowland), Wallpaper. (Far East Movement) e Priscilla Renea (compositor que já escreveu músicas para Demi Lovato, Cheryl Fernandez-Versini e The Saturdays). Quanto as colaborações – você vai ter que esperar o álbum sair para ver, mas nós temos duas!

Cada membro do grupo tem um tipo de voz diferente – como é que vocês tem certeza que todo mundo vai ter a chance de brilhar?

Normalmente, todo mundo tem a chance de cantar a música inteira e em seguida, o produtor decide quem vai cantar cada parte. É tipo o que combina melhor com o que…

Fontes: Sosogay.uk

Tradução: Isabele Nascimento Equipe — Fifth Harmony Brasil

Publicado por Nathalya Gomes em 3 de dezembro de 2014
Página 4 de 26« Primeira...23456...1020...Última »

FifthHarmonyBrasil.Com

• Hospedado pela equipe Flaunt Network

Fifth Harmony Brasil 2013-2017 - Alguns Direitos Reservados •